Então e ninguém manda os gatos fedorentos para o caralho

Deu-me para escrever um post. Estava indeciso entre mais um da série ‘do cristianismo’, ou em mandar os gatos fedorentos para o caralho. Decidi-me, como se pode antever pelo titulo, pelo último tema. No fundo é apenas trocar a hermenêutica pela escatologia. A esta escolha não será alheio um sentimento que vai na cabeça de qualquer sportinguista que se preze: foram aqueles cabrões que, ao se porem a fazer chalaças apaneleiradas com o nosso Paulinho Bento, foderam a campanha vitoriosa que a lagartada vinha fazendo, secando toda a concorrência, o Custódio, inclusive, até já tinha acertado dois passes. Imagino até a cara dos jogadores quando o nosso Paulo lhes dizia para estarem tranquilos, que haveriam de dar a volta ao resultado, e que o Nuno gomes já andava descontrolado com a franja e que o Assis não snifava desde Fevereiro; certamente só lhes apareceria a correr no rodapé no bolbo raquidiano ( os jogadores do sporting são os únicos que possuem esta parte vegetal do cérebro) a imagem do esticadinho do sr Araújo, a fazer de Ribeirinho com antas.

Basicamente aquele grupo de anunciantes da PT é composto por dois gajos que ninguém sabe o nome, e que fazem de duponts e duponts – um anónimo comparado com eles parece a lili caneças – mais um que é feio e gordo – se for susceptivel pode assumir-se apenas anafado – e lagarto, o que é meio caminho andado para se julgar com piada – há uns anos iria para barbeiro nas avenidas novas- e o já referido sr. Araújo, que acaba por ser o principal responsável pelo descalabro competitivo dos lagartos, e que é uma espécie de jogador do paços de ferreira mas com capachinho. Ele, se fosse homem, ia mas era fazer imitações do Ferraz da Costa, ou do Lobo Xavier, mas não, deu-lhe para minar o balneário do nosso sporting, não encontrou piadas novas para fazer com o ar de sacristão sem hóstias do Fernando Santos, e foi-se meter com um santo rapaz que nunca foi à quadratura do circulo em nada. Ainda te haverá de correr muita água oxigenada pelas madeixas é o meu desejo, e se os lampiões não levarem 3 secos na luz, o melhor é começares a treinar imitações ao embaixador Rito, senão a Mª Morgado faz-te a folha por causa da promiscuidade entre o futebol e a piadolítica. Que deselegância, que falta de chá, e nem dão parecenças ao joaquim monchique, nem nada; de castigo acabarão a fazer imitações de guarda costas em gay parades, ou de bandeirolas no estádio da Luz.

Anúncios

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: